andre-siteCaras e Caros Companheiros,

A Juventude Social Democrata da Madeira defendeu, desde a sua criação, um conjunto de propostas políticas que serviram para aumentar e sustentar a autonomia que foi sendo conquistada pela Região. Autonomia, essa, vital para o crescimento e desenvolvimento da nossa terra e das nossas gentes.

O tempo passa e ele mesmo faz-nos alterar a nossa acção consoante a realidade e as necessidades que sentimos. Por isso, será aposta desta equipa eleita para o mandato 2016/18, fomentar o espírito crítico e as ideias da realidade experienciadas pelos militantes nos onze concelhos, elaborando medidas para auxiliar e facilitar o nível de vida destes jovens, conscientes dos problemas alusivos à região, nomeadamente ao nível da elevada taxa de desemprego e desertificação.

No panorama regional atual, o papel da JSD será sempre de esclarecer à juventude, o dever e responsabilidade do que é elaborar e praticar políticas de juventude na Região Autónoma da Madeira, em áreas como educação, empreendedorismo, solidariedade, social, habitação, saúde, entre outras.

Simultaneamente, temos de continuar a ser a maior escola de formação de jovens madeirenses e porto-santenses na área política, contribuindo com quadros competentes para o rumo da Madeira e Porto Santo.

Continuaremos a ser uma estrutura participativa, ativa, autónoma, séria, livre e responsável, recetiva a todos os jovens que queiram discutir ideais, valores e perspetivas de futuro e modernização da social democracia.

Termino, citando um dos fundadores da social democracia, Francisco Sá Carneiro:
“Em política, talvez mais do que noutros campos, o que conta e interessa é o que vamos fazendo, muito mais do que aquilo que nos propomos a atingir.”

Ao trabalho! Juntos, honraremos o legado que recebemos e faremos, desta, uma JSD cada vez melhor.

andre-alves
André Alves